Congresso internacional de Ponte de Lima espera 300 participantes

Evento vai ser oportunidade para conhecer experiências de cinco continentes

11.05.2015

O congresso internacional World Urban Parks (WUP) 2015, que vai realizar-se em Ponte de Lima de 26 a 29 de Maio, contará com cerca de 300 participantes, entre convidados, congressistas e visitantes, segundo apurou o Jornal Arquitecturas junto da organização.

 

O comissário de Portugal na WUP, arquitecto paisagista Manuel de Carvalho e Sousa, lembra que este evento que trará a Portugal “experiências dos cinco continentes” e abordará a “concepção, manutenção e promoção inteligente dos espaços verdes”.

 

Haverá uma presença enriquecedora asiática, uma forte expressão da Oceania, uma presença forte das Américas do Norte e do Sul, o testemunho europeu não irá faltar, mas o congresso contará sobretudo com uma presença inovadora de países africanos, destaca Manuel de Carvalho e Sousa.

 

“África terá uma forte expressão em termos de comunicações de países como África do Sul, Guiné-Bissau, Marrocos e Moçambique. Guiné-Bissau será o país de destaque, com a conferência de abertura, no dia 26, a ser realizada pelo Primeiro-Ministro da Guiné-Bissau, Engº. Domingos Simões Pereira, que apresentará o projecto de Cidades Verdes que pretende implementar no país”, sublinha Manuel de Carvalho e Sousa.

 

O evento decorre em paralelo com o 9º Congresso Ibero-Americano de Parques e Jardins Públicos, com a Feira dos Espaços Verdes de Ponte de Lima, que terá cerca de 60 expositores, e com o 11º Festival Internacional de Jardins de Ponte de Lima.

  

O evento, organizado pela Associação Espanhola de Parques e Jardins Públicos e a World Urban Parks, coloca em Ponte de Lima este ano a marca da Capital Mundial dos Parques Urbanos e dos Jardins Públicos.

 

A World Urban Parks vai ter em Ponte de Lima a sua primeira apresentação pública, "com uma nova filosofia, uma nova estratégia, por transformação da International Federation of Parks and Recretion Administration", que foi criada em Londres na década de 50 do século passado. Consulte aqui o programa do congresso. 

TAGS: World Urban Parks (WUP) 2015 , espaços verdes , Ponte de Lima , Manuel de Carvalho e Sousa , parques urbanos , jardins públicos
Vai gostar de ver
VOLTAR